Banco de leite do HMDR ganha frascos de vidro de um Grupo de Escoteiros

  • 28/Mai/2019 10h01
    Atualizado em: 28/Mai/2019 às 10h05).
Banco de leite do HMDR ganha frascos de vidro de um Grupo de Escoteiros Foto: Ellayne Czuryto/Governo do Tocantins

O Banco de Leite do Hospital Maternidade Dona Regina- HMDR recebeu no sábado, 25, a doação de aproximadamente 52 frascos de vidro, para que as mães doadoras façam a coleta do leite humano. O leite doado é destinado às crianças recém-nascidas que estão internadas na maternidade. A ação foi desenvolvida pelos jovens do ramo Sênior (faixa etária de 14 a 16 anos) do Grupo Escoteiros Tocantins.

A campanha de arrecadação teve o objetivo de ajudar o Banco de Leite a conseguir um número considerável de recipientes de vidro para o armazenamento de leite materno, como também conscientizar os jovens escoteiros da importância da solidariedade humana. A arrecadação aconteceu no período de 6 de abril e seguiu até o dia da ação. O grupo conta com dez pessoas, sendo oito jovens e dois adultos responsáveis.

A chefe de escoteira, Mônica Buss, explica que o objetivo de ações como essa é trabalhar com os jovens escoteiros projetos sociais que beneficiam a nossa sociedade. “O projeto foi desenvolvido pelos nossos jovens e envolveu todos os membros do nosso grupo escoteiro e também a sociedade que foi sensibilizada para a importância dessa ação. Foram instalados vários pontos de arrecadação, locais estes identificados e escolhidos pelos nossos membros”, disse. “Ficamos imensamente satisfeitos em poder contribuir com este excelente trabalho desenvolvido pelo Banco de Leite do Hospital Dona Regina, através da coordenadora Valquíria Pinheiro, em prol do aleitamento materno. A nossa ideia é manter os pontos de coleta e continuar ajudando nessa causa”, afirmou Mônica.

A coordenadora do Banco de Leite do HMDR, Valquíria Pinheiro, falou da importância do estímulo à solidariedade e a conscientização desses jovens. “Temos que lembrar que esses frasquinhos salvam vidas, nele que vai o alimento mais precioso que as mamães têm que é o leite materno. O leite materno para essas crianças que estão na UTI é muito mais que um alimento, quando o bebê toma o leite, consegue ficar imunizado, adquire defesas para reagir a infecções e todos os problemas que podem surgir em bebês prematuros".

“Agradeço por essa iniciativa, o Banco de Leite não funciona sozinho, ele precisa cada vez mais de parcerias e de mostrar para a comunidade a importância da doação de leite. É um trabalho de formiguinha e é muito gratificante ver o esforço de vocês”, agradeceu a coordenadora na ocasião.