Em Natividade, Carlesse afirma que propostas da comunidade vão legitimar as ações do governo

  • 17/Mai/2019 17h36
    Atualizado em: 17/Mai/2019 às 17h40).
Em Natividade, Carlesse afirma que propostas da comunidade vão legitimar as ações do governo Foto: Esequias Araujo/Governo do Tocantins

O Colégio Estadual Dr. Quintiliano da Silva, em Natividade, região Sudeste do Estado, foi o local escolhido para realização da terceira consulta pública para elaboração do Plano Plurianual 2020/2023. Com a presença de representantes de dez cidades, o evento foi aberto oficialmente pelo governador Mauro Carlesse na manhã desta sexta-feira, 17.

Além de Natividade, participaram da consulta pública os municípios de Almas, Chapada da Natividade, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Paranã, Porto Alegre do Tocantins, Rio da Conceição, São Valério da Natividade e Taipas do Tocantins.

Para o governador Mauro Carlesse é isso que precisa ser feito pelo Governo: ouvir as pessoas menos favorecidas. "Essas audiências vão legitimar as nossas ações para os próximos anos. Elas dão a oportunidade das pessoas reivindicarem aquilo que precisam para a sua comunidade, para que possamos definir as ações e o planejamento, a nossa preocupação é justamente essas comunidades mais afastadas que nunca têm oportunidade de reivindicar nada", frisou o governador.

A prefeita de Natividade, professora Martinha, elogiou a iniciativa do governo do Estado em realizar essa audiência na cidade e falou da importância de priorizar as propostas para o PPA. "Essa audiência é muito importante porque está permitindo que o povo aponte as propostas para atender Natividade e toda a região. Estamos lutando principalmente por educação, saúde e infraestrutura".

Para o secretário de Estado da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique, essas audiências constituem uma oportunidade ímpar para todos ajudarem a eleger prioridades para o Estado. "É uma importante abertura para discutir e receber propostas que serão transformadas em ações de governo", pontuou.

Ainda em Natividade, o Governador Carlesse se reuniu com os prefeitos da região para tratar das demandas locais. As principias preocupações dos gestores apresentadas são nas áreas da saúde, infraestrutura e educação. Mais uma vez o governador destacou o caráter municipalista do seu governo e afirmou que a equipe está à disposição para discutir e atender as demandas na medida do possível.

Participaram do evento o presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Andrade; o deputado federal Carlos Gaguim; deputados estaduais; prefeitos da região, representantes da Defensoria Pública do Estado do Tocantins; representantes de entidades de classe e populares.

Eixos temáticos

As demandas apontadas em Natividade envolvem os eixos de saúde; segurança, assistência social e direitos humanos; gestão pública, participação social e diálogo federativo; estrutura produtiva e sustentabilidade ambiental; educação, ciência, tecnologia e inovação; infraestrutura, desenvolvimento regional e redes de cidades. Esses eixos foram definidos pelo Governo do Estado como linha de atuação para os próximos quatro anos de gestão. Após terem as viabilidades técnicas e financeiras aprovadas, as demandas locais serão inseridas no PPA 2020-2023.