Professor Júnior Geo solicita espaço para filhos de servidores e visitantes da Assembleia Legislativa

  • 11/Mai/2019 10h49
    Atualizado em: 11/Mai/2019 às 11h02).
Professor Júnior Geo solicita espaço para filhos de servidores e visitantes da Assembleia Legislativa Foto: Divulgação/Assessoria

O deputado Professor Júnior Geo (PROS) solicitou na última quinta-feira, 9, um espaço que atenda aos pais e mães, servidores e visitantes do Legislativo Tocantinense. Na ocasião, o deputado lembrou que empresas particulares com mais de 30 pessoas já possuem essa obrigação pelo artigo 400 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e isso deve ser estendido ao setor público.

“Sabemos que a legislação hoje já determina que as empresas tenham um espaço para atender às mães que não podem ou não têm condições de deixar os filhos em casa e que não podem levar ao ambiente de trabalho e, com isso obter maior rendimento com menor preocupação onde os filhos vão ser bem atendidos no seu ambiente”, ressaltou o parlamentar.

O pedido de Geo foi reforçado pela deputada Valderez Castelo Branco (PP): “Senhor presidente, conversei também com vossa Excelência há alguns dias sobre esse espaço Kids que já existiu aqui. É muito importante não só para os funcionários, mas para todos os visitantes e quem tiver a necessidade. Próximo ao dia das mães, parabenizo o pai, o nosso colega Professor Júnior Geo pela sensibilidade e iniciativa”, disse.

Segundo Geo, a brinquedoteca tem como foco a aplicação do conhecimento psicopedagógico pela educação, buscando mais que apenas o desenvolvimento motor, da linguagem e da estrutura física de cada um de seus alunos. Com a proximidade do dia das mães, o deputado destacou a necessidade que mães e pais possuem de ter os filhos em segurança e em aprendizado por meio do requerimento.

Outros Exemplos

A Assembleia do Estado de São Paulo, a Assembleia da Paraíba, entre outras assembleias, já fornecem serviços parecidos, pois têm em suas dependências creches que permitem oferecer uma maior qualidade de vida para as crianças e prestam assistências às mães trabalhadoras.