Governo propõe ações conjuntas no combate à mistura de álcool e direção para reduzir acidentes

  • 11/Mai/2019 09h57
    Atualizado em: 11/Mai/2019 às 10h01).
Governo propõe ações conjuntas no combate à mistura de álcool e direção para reduzir acidentes Foto: Apoena Rezende

Diversos órgãos do Estado se reuniram nesta sexta-feira, 10, na sede da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte (Seduc), para debater uma ação intersetorial voltada para desenvolver ações educativas e de fiscalização com foco no combate à mistura de bebida alcoólica e direção, intitulada como Anjos da Noite.

Segundo o presidente do Departamento Estadual de Trânsito, Colemar Natal, o trabalho ainda está em fase de finalização. “O nosso objetivo é sensibilizar a sociedade apontando os riscos da combinação, bebida e direção. Para isso, montamos um projeto que não funcionará sozinho, e sim por meio de parcerias, tanto com os órgãos de Estado como empresariado e membros da própria sociedade”, explicou.

Conforme o projeto, o Anjo da Noite é uma espécie de Amigo da Vez, papel da pessoa que não bebe e leva os amigos que consumiram álcool para casa em total segurança. A abordagem será realizada de forma descontraída, com elementos de interação que possam transmitir a mensagem e conscientizar o condutor para um trânsito seguro. Nesta primeira etapa, também será sugerido parcerias com taxistas, moto taxistas, ubers e donos dos estabelecimentos comerciais.

A reunião contou com a presença do presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Colemar Natal; do secretário de Estado da Comunicação, João Neto Aguiar; do secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio; da secretaria de Estado da Seduc, Adriana Aguiar; além de representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES); da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto); e representantes dos municípios de Palmas, Araguaína e Gurupi.

Para integrar e dimensionar a proposta e unificar uma linguagem entre os órgãos que vão integrar o projeto, o secretário João Neto, propôs a divisão setorial das ações e um cruzamento estatístico das pastas de Governo para que a proposta possa ganhar melhores resultados. “Se cada grupo fizer o seu trabalho e se envolver nesta proposta, com certeza ela pode funcionar, e podemos também reduzir os números de acidentes de trânsito dentro do Estado”, destacou João Neto.

O Anjo da Noite tem como público-alvo os jovens que possuem entre 25 e 34 anos, faixa que lidera o ranking nacional de pessoas que admitem dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas.

Nessa mesma faixa etária, Palmas lidera o ranking nacional de consumo de bebidas com um índice de 16,1%. Ainda na Capital, segundo dados do Corpo de Bombeiros, 25% dos acidentes de trânsito, em 2018, aconteceram após a ingestão de bebidas alcoólicas.

Maio Amarelo

Em 2019, o Tocantins completa seis anos de apoio ao movimento Maio Amarelo, que visa preservar a vida no trânsito por meio de ações coordenadas entre o poder público e a sociedade civil.

Os órgãos do Governo estão em constante movimentação de conscientização por meio de ações educativas e instrutivas para que possa alcançar um maior número de pessoas em todo estado.

As ações englobam a simulação de atendimento correto de vítimas de acidentes de trânsito, blitz educativas, doações de sangue e iniciação infantil de fiscalização, além de alertas por meio de panfletos e diálogos nas escolas.