Segunda edição do Projeto de Bem com o Espelho movimenta HGP

  • 28/Mar/2019 10h45
    Atualizado em: 28/Mar/2019 às 10h52).
Segunda  edição do Projeto de Bem com o Espelho movimenta HGP Foto: Nielcem Fernandes/Governo do Tocantins

Nesta quarta-feira, 27, os cuidados com pacientes do Hospital Geral de Palmas (HGP), foram além dos tradicionais. Com a ajuda de voluntários, cortes, hidratação de cabelo, fotografias e uma oficina de turbante foram ofertados aos usuários e servidores do Hospital. Essa é segunda edição do projeto de Bem com o Espelho.

“A ação, é voltada para a humanização da Unidade Hospitalar, além de contribuir com a valorização dos servidores”, explica Goiamara Borges, responsável pelo setor de humanização do HGP.

A oficina de Turbante foi ofertada pela servidora Cristiane Costa, que trabalha na ouvidoria. “Eu sempre uso turbante, já faz parte do meu dia a dia, muita gente me pede pra ensinar, então resolvi ensinar em oficinas. Essa já é a segunda aqui no HGP, fico muito feliz em compartilhar com servidores e pacientes”, disse.

O projeto é também uma forma de socialização de servidores, uma vez que também atende os trabalhadores do Hospital. A assistente social, Dayane Cristina Pereira, aprendeu uma das formas de usar o turbante. “Eu nunca tinha participado do projeto, achei incrível o resultado. Esse é um momento muito importante pra gente que é servidor também, assim a gente consegue interagir de uma maneira diferente com colegas e pacientes”, afirmou.

A senhora Evanir de Oliveira, tem 50 anos, está internada no HGP para se recuperar de uma queda em que fraturou o braço, aproveitou a ação para cuidar dos cabelos. “A gente nunca espera cuidar do visual dentro do Hospital, mas faz muito bem pra nossa autoestima”, contou.

O profissional Hair Stylist, Peres Watson, disse que o intuito é ampliar o projeto para as próximas edições. “Queremos trazer mais serviços na próxima vez, oferecendo designer de sobrancelhas, maquiagem. Nosso intuito é criar aconchego no coração das pessoas, para que elas tenham isso refletido no espelho”, pontuou.

O projeto também contou com a colaboração da fotógrafa Laurice Ferreira Dia. “Fico muito feliz em registrar momentos como esse, com pessoas que por algum motivo estão passando por alguma dificuldade”, finalizou.

--