Contrário à PEC dos procuradores, Gaguim relembra feitos durante mandato como governador e rebate Ayres

  • 07/Mar/2019 12h28
    Atualizado em: 11/Mar/2019 às 13h49).
Contrário à PEC dos procuradores, Gaguim relembra feitos durante mandato como governador e rebate Ayres Foto:

O deputado federal Carlos Gaguim, durante uma entrevista ao Portal Cleber Toledo nesta quarta-feira, 06, ressaltou que quando foi governador do Estado, atraiu o investimento de 700 empresas. Ele se manifestou contrário à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Procuradores e, afirmou, categoricamente que não se arrepende das leis que sancionou e que elas valorizaram os servidores do Tocantins.

”Quando governador trouxe para o Tocantins 700 empresas para o Estado. Foi o período em que o PIB [Produto Interno Bruto] do Tocantins mais cresceu (14,2%), só perdeu para a China. Inclusive foi o período em que houve maior incentivo para pequenas, médias e grandes empresas”, garantiu o deputado.

Ainda na ocasião, Gaguim destacou que nenhuma lei sancionada por ele foi questionada. “Não me arrependo de ter pago bons salários aos servidores”, disse. O parlamentar aproveitou a entrevista e rebateu o deputado estadual Ricardo Ayres (autor da PEC dos Procuradores) que tem como objetivo alterar o parágrafo 1º do artigo 51 da Constituição Estadual, permitindo a livre nomeação para o cargo de procurador-geral do Estado, incluindo pessoas fora da carreira.

“Na época, o deputado vivia atrás de mim para pagar a indenização dos PMs, dos quais era advogado. Ele recebeu muito dinheiro com o pagamento dessa ação”, declarou Gaguim.