Polícia prende suspeitos de tentativa de homicídio contra prefeito; vice seria mandante

  • 10/Jan/2019 18h39
    Atualizado em: 11/Jan/2019 às 08h04).
Polícia prende suspeitos de tentativa de homicídio contra prefeito; vice seria mandante Foto:

Na tarde desta quinta-feira, 10, a Polícia Civil, por meio da Secretaria de Segurança Púlbica (SSP) realizou uma coletiva de imprensa para dar informações sobre a prisão dos suspeitos de tentarem matar o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar, o Dotozim.


A operação que levou a prisão dos suspeitos foi realizada por policiais civis das delegacias especializadas de Palmas, Porto Nacional e da Denarc.


Até o momento, três pessoas foram presas, suspeitas de terem executado crime. Um homem de 18 anos teria sido o autor dos disparos que atingiram o prefeito no braço, na mão e no rosto; outro homem de 27 anos estaria envolvido e seria conhecido por cobrar dívidas.

Vice-prefeito seria mandante

Além deles, o vice-prefeito da cidade, Leto Mourão Leitão Filho (PRB), foi preso por suspeitas de ser mandante do crime. Ele nega as acusações. No entanto, delegado de Porto Nacional, Diogo Fonseca, disse que os indícios apontam para o envolvimento do vice-prefeito, devido atritos políticos. Segundo o delegado, o vice-prefeito estaria insatisfeito com  a forma que estavam sendo feitos repasses de desvios de verbas da prefeitura. 


Fora de perigo


Após o atentado sofrido nesta quarta-feira, 09, o prefeito Dotozim foi levado às pressas para o Hospital Geral de Palmas, onde passou por uma cirurgia e já não corre mais risco de morte. 


Entenda

A Polícia Militar atendeu ocorrência de tentativa de homicídio contra o prefeito Elson Lino de Aguiar Filho, por volta de 15h30min desta quarta-feira, no endereço da vítima, sua residência.

Um autor invadiu sua residência e, de posse de arma de fogo, efetuou vários disparos contra a vítima, alvejando o ombro direito e dois disparos no rosto. O autor evadiu rumo ignorado, juntamente com um comparsa, em uma motocicleta barulhenta.


O prefeito foi socorrido ao hospital local e posteriormente transferida para o HGP em Palmas.


Equipes da PM através de viaturas da Força Tática, viaturas de Aparecida, Patrulha Rural e serviço de inteligência foram deslocadas para a cidade de Novo Acordo, no intuito de capturar os autores.


Por se tratar de operação da PM, as informações puderam ser somente agora repassadas, a fim de não atrapalhar o curso das operações, as quais culminaram com a prisão, efetuada pela Polícia Civil, na data de hoje, dos autores supostamente envolvidos na tentativa de homicídio.