ATM se posiciona sobre violência contra prefeitos e lamenta crime contra Dotozim

  • 09/Jan/2019 17h45
    Atualizado em: 09/Jan/2019 às 17h51).
ATM se posiciona sobre violência contra prefeitos e lamenta crime contra Dotozim Foto:

Em nota à imprensa, enviada nesta tarde, 09 de janeiro, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em nome do presidente Jairo Mariano e demais prefeitos do Estado de Tocantins, disse que "recebeu com indignação e lamento a notícia de atentado contra o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar Filho, conhecido como Dotozim". O gestor foi baleado com tiros na tarde desta quarta-feira em Novo Acordo.

De acordo com a nota, a entidade municipalista está preocupada com atentados cometidos contra prefeitos e agentes municipais e cita outros casos, além do que ocorreu com Dotozim. "Em fevereiro de 2018, o prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino teve a casa invadida por criminosos e também sofreu atentados com tiros. Caso ainda mais grave, o prefeito de Miracema, Moisés da Sercom, foi assassinado em agosto de 2018, e até hoje os criminosos não foram capturados", aponta.

"A ATM solicita as autoridades e servidores da área de Segurança Pública que investigue com vigor os casos de atentados contra a integridade de prefeitos e agentes municipais. Episódios como esses geram insegurança na população, instabilidade social nas comunidades e prejudicam a continuidade do desenvolvimento local, pois é de suma importância que os prefeitos estejam ativamente trabalhando em prol do Município, seja na localidade, em Palmas ou Brasília", diz a nota.

As forças de segurança estão empenhadas em capturar dois homens suspeitos de terem praticado o crime em Novo Acordo. Ainda não há atualização sobre o estado de saúde do prefeito.