Secretaria Geral de Governo passa por sindicância para apurar irregularidade funcional de servidores

  • 14/Dez/2018 12h19
    Atualizado em: 17/Dez/2018 às 16h03).
Secretaria Geral de Governo passa por sindicância para apurar irregularidade funcional de servidores Foto:

Para apurar irregularidades na prestação de serviço público, a titular da Secretária-Geral de Governo (SGG), Juliana Passarin, instaurou uma Comissão Permanente de Sindicância, no âmbito da pasta, que trabalhará pelo período de um ano.

A comissão é composta pelos seguintes servidores: Rosilene dos Reis (Presidente), Watson Soares Fernandes e Simone Xavier de Carvalho Andrade.
Desde que assumiu o Governo, em abril deste ano, para um mandato tampão, o governador Mauro Carlesse instituiu um grupo de trabalho que está levantando toda a estrutura operacional e de servidores das diversas pastas do Governo, visando o enxugamento da máquina pública, informa Juliana.

“É importante salientar que, ao assumir a gestão, a secretaria contava com 1.020 servidores, atualmente 608 integram o quadro da pasta e a redução se deu com a extinção de cargos em comissão visando à redução de despesas”, disse Juliana Passarin.
.
Recadastramento dos Servidores

A partir de terça-feira, 18, com encerramento previsto para 28 de fevereiro de 2019, contecera o recadastramento de todos os servidores do Poder Executivo, o que possibilitará ao governo obter as informações atualizadas sobre local de trabalho e atividades desenvolvidas por cada servidor.

O recadastramento será feito em 2 etapas, sendo a primeira de forma virtual e, posteriormente, presencial, com apresentação de documentos. Para facilitar, a entrega da documentação será feita em todas as regionais.