Hemorrede promove confraternização alusiva ao Dia Nacional do Doador de Sangue

  • 22/Nov/2018 16h21
    Atualizado em: 22/Nov/2018 às 16h24).
Hemorrede promove confraternização alusiva ao Dia Nacional do Doador de Sangue Foto: Nielcem Fernandes/Governo do Tocantins

A Hemorrede do Tocantins promove no dia 23 de novembro, um café da manhã, na sede do Hemocentro Coordenador, na 301 Norte, em Palmas, para celebrar o Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado em todo dia 25 de novembro. O evento, que acontecerá a partir das 8h30, é dedicado a todos os doadores e tem como objetivo agradecer pela parceria vital no processo de doação e vidas salvas, diariamente no Tocantins.

A Hemorrede tocantinense recebe mensalmente em torno de dois mil doadores de sangue que ajudam a salvar vidas em todo o Estado. As doações são feitas nas estruturas que contam o Hemocentro Coordenador de Palmas, a Unidade de Coleta de Palmas (Anexo ao HGP) e a Unidade Móvel de Coleta de Sangue em Palmas. Além disso, o possui o Hemocentro Regional de Araguaína, Núcleo de Hemoterapia de Gurupi, Unidade de Coleta e Transfusão de Porto Nacional e Unidade de Coleta e Transfusão de Augustinópolis, além de 16 agências Transfusionais intra-hospitalares.

Segundo a superintendente que responde pela Política Estadual do Sangue e Hemoderivados do Estado do Tocantins, Pollyana Gomes Pimenta, todas as unidades de coleta no Estado produzem cerca de 2.000 bolsas de sangue para testes por mês. “Cada bolsa pode salvar até quatro vidas”, destaca. Anualmente são coletadas em torno de 25.000 bolsas, sendo produzidos aproximadamente 61.500 hemocomponentes para transfusões.

Rotina da Doação

Ao chegar a um dos postos de coleta da Hemorrede do Tocantins, o doador é atendido pela área de informação e acolhimento para esclarecimentos pertinentes. Posteriormente passa pela recepção que faz o cadastramento, em seguida por uma pré-triagem e triagem clínica mais rigorosa, que é realizada por um enfermeiro triagista, e é esse profissional quem autoriza a doação de sangue.

Após a doação, o doador fica em observação por alguns minutos enquanto toma um lanche, que faz parte do procedimento padrão de doação de sangue.
Para ser um doador, a pessoa precisa ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos necessitam de autorização do responsável legal). O voluntário deve apresentar documento com foto e estar em boas condições de saúde. Também é necessário não ter tomado vacina nos últimos 30 dias e ter feito refeição pelo menos duas horas antes da doação.

O material coletado socorre pacientes que precisam de transfusão de sangue em todas as unidades de saúde do Estado. A Hemorrede realiza 100% do serviço de coleta de bolsas de sangue no Tocantins, assim como, é a responsável pelo fornecimento dos hemocomponentes a todos os hospitais públicos (2.409 leitos SUS) e também aos privados (579 leitos não SUS) do Estado. “O brasileiro é muito solicito, mas quando se fala em doação de sangue muitos mitos rondam o ato. A coleta de sangue é um gesto de amor, um ato voluntário e altruísta. Isto é fazer o bem, sem olhar a quem”, destaca a superintendente.

Tratamento Hematológico

Além da coleta de sangue convencional e da coleta de hemácias por aférese, a Hemorrede conta com centro de referência estadual para atendimento hematológico especializado, disponibilizando tratamento médico, odontológico, fisioterápico, nutricional e psicológico em Palmas, e atendimento hematológico especializado em Araguaína. Entre as atividades desenvolvidas, estão o acompanhamento dos pacientes portadores de hemoglobinopatias (Talassemia e Doença Falciforme), distúrbios hereditários de Coagulação (Hemofilia) e o gerenciamento da distribuição dos pró-coagulantes.

A Hemorrede do Tocantins também realiza a coleta de amostra de sangue para a inscrição de doadores voluntários que irão compor o Cadastro Nacional de Doadores de Medula Óssea para Transplantes do REDOME. Anualmente são realizados 4.847 cadastros de novos doadores voluntários de medula óssea.
Os doadores que desejarem realizar este ato de amor ao próximo devem dirigir-se aos postos fixos de coleta, localizados nas unidades de Hemorrede no Estado do Tocantins:

1- Hemocentro Coordenador de Palmas: Palmas
2- Hemocentro Regional de Araguaína: Araguaína
3- Núcleo de Hemoterapia de Gurupi: Gurupi
4- Unidade de Coleta e Transfusão – Anexo HGPP: Palmas
5- Unidade de Coleta e Transfusão de Porto Nacional: Porto Nacional
6- Unidade de Coleta e Transfusão de Augustinópolis: Augustinópolis