Governo do Estado entrega recursos para desenvolver pesquisas para o SUS

  • 19/Nov/2018 11h13
    Atualizado em: 19/Nov/2018 às 11h17).
Governo do Estado entrega recursos para desenvolver pesquisas para o SUS Foto: Jeferson Mota

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Tocantins (FAPT), realiza nesta segunda-feira, 19, na sala de reuniões do Palácio Araguaia, a solenidade de entrega dos cartões BB pesquisa. Os cartões fazem parte do Marco Zero, destinados para o incentivo à pesquisa no âmbito da ciência, tecnologia e inovação na saúde e fazem parte do Programa de Pesquisa para o SUS (PPSUS).

Na ocasião, o Governador do Estado, Mauro Carlesse, fará a entrega de mais de 250 mil reais para seis pesquisadores que foram avaliados e selecionados pela chamada pública nº 01/2017.

O programa é desenvolvido pela FAPT, em parceria com o CNPq, Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde (SESAU) e tem como objetivo desenvolver pesquisas que apontem soluções para problemas vivenciados no Sistema Único de Saúde (SUS), além de contribuir para a redução das desigualdades regionais no campo da ciência, tecnologia e inovação em saúde.

Marcio Silveira, presidente da FAPT, afirma que esses projetos darão grande contribuição para o SUS do Tocantins. “Através da pesquisa, da ciência e da inovação estamos contribuindo para o desenvolvimento do nosso estado. No ano de 2012 outros 16 projetos como esse foram desenvolvidos e trouxeram um grande avanço para a saúde, agora com mais esses projetos áreas especificas serão estudadas e a comunidade como um tudo será beneficiada”, conta o presidente.

Seis pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins (UFT), selecionados na Chamada n° 01/2017, podem a partir de agora dar início a suas pesquisas. Esse investimento poderá contribuir na incorporação dos resultados ao sistema de saúde do Estado do Tocantins.

Projetos que serão financiados:

- Desenvolvimento de uma ferramenta de análise geoespacial a partir dos dados do SINAN-TO sobre os casos de hanseníase no Tocantins através de métodos e ferramentas de inteligência artificial.

- Programa de residência médica em saúde da família e comunidade promove melhoria na atenção básica da saúde?

- Análises da susceptibilidade a antibióticos de bactérias multirresistentes (BMR) isoladas de Unidade Terapia Instensiva/UTI de Hospital Regional do Estado do Tocantins.

- Desenvolvimento de formulações de inseticidas biorracionais para controle de mosquistos vetores do zika vírus.

- Leishmaniose Visceral como problema de saúde pública no serviço de hemoterapia na região norte do Estado do Tocantins.

- Distúrbios neurológicos tardios induzidos por deficiência de tiamina – investigação experimental.