Proposta de Implantação de Colégio Militar é apresentado para educadores e pais de alunos em Gurupi

  • 03/Nov/2018 16h59
    Atualizado em: 03/Nov/2018 às 17h03).
Proposta de Implantação de Colégio Militar é apresentado para educadores e pais de alunos em Gurupi Foto: Divulgação PMTO.

Na última quinta-feira, 01, em reunião realizada na Escola Henrique Santana, o chefe do estado maior, coronel Henrique de Souza Lima Júnior, a secretária de Educação, Adriana da Costa Aguiar, apresentaram a coordenadores, servidores e pais de alunos da referida escola, bem como da Escola Costa e Silva em Gurupi, proposta para que estas escolas passem a serem administradas pela Polícia Militar do Tocantins.

O capitão Miron Martins da Silva, diretor do Colégio da Polícia Militar (CPM) - Unidade I, falou sobre o funcionamento de uma unidade do CPM que vem para somar esforços direcionados à melhoria da educação, principalmente no aspecto disciplinar, onde será aprimorado através de uma equipe de policiais militares adidos ao Colégio em ação conjunta com os professores. O capitão ainda esclareceu eventuais dúvidas dos docentes na constância de implantação da Unidade do Colégio Militar, dado as peculiaridades da metodologia administrativa, onde o preceito de hierarquia e disciplina também começa pela liderança do professor.

Se aprovada, as duas unidades de educação continuarão atendendo aos estudantes do ensino fundamental. A secretária Adriana Costa, relembrou que esses dois colégios possuem histórico em evidência nacional, quando alcançaram o prêmio de gestão de ensino. “Caso haja aceitação para uma futura instalação do Colégio Militar, com certeza haverá uma continuidade desses trabalhos, bem como outros valores agregados”, ressaltou.

Para o Chefe do Estado Maior da PM, coronel Henrique de Souza, a motivação e os bons resultados obtidos por alunos do Colégio Militar evidenciam sem dúvida a importância da disciplina como fator primordial no alcance desses resultados.