Sistema de água tratada de baixo custo reduz índices de verminose em comunidade quilombola de Brejinho de Nazaré

  • 29/Out/2018 16h22
    Atualizado em: 29/Out/2018 às 16h27).
Sistema de água tratada de baixo custo reduz índices de verminose em comunidade quilombola de Brejinho de Nazaré Foto: Ascom Brejinho de Nazaré

O uso da água tratada por meio da Solução Alternativa Coletiva de Tratamento de Água para Consumo Humano-Zeólito (Salta-Z), na comunidade quilombola Córrego Fundo, em Brejinho de Nazaré (TO), apresentou dados animadores referentes à redução de casos de diarreia e verminoses.

De acordo com acompanhamento da Secretaria de Saúde do Município, os índices de casos dessas doenças reduziram a zero, pouco mais de dois anos da implantação do programa naquela comunidade.

Conforme levantamentos nos prontuários de pacientes moradores de Córrego Fundo, em 2016, quando o programa iniciou, foram registrados 8 casos, em 2017 um caso e, este ano, nenhuma ocorrência de diarreia ou verminose foi identificada.

Iniciativa da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o programa visa o tratamento de água para consumo humano em pequena localidades rurais.

A prefeita de Brejinho de Nazaré, Miyuki Hyashida comemora os resultados. “A parceria com a Funasa trouxe a solução da situação da baixa qualidade da água, proporcionando o consumo coletivo de água potável de forma simplificada, de baixo custo e com resultados excelentes”, afirmou a prefeita, que busca implantar o Salta-Z em outras comunidades quilombolas e assentamentos em Brejinho de Nazaré.

Na semana que passou, Brejinho de Nazaré foi beneficiado com a segunda unidade do Salta-Z, desta vez, no assentamento Boa Fé, durante curso de capacitação, oferecido pela Funasa em parceria com a prefeitura local. O curso capacitou técnicos e membros de comunidades de oito municípios tocantinenses da região, que também receberão o Salta-Z. De acordo com a Funasa-TO, 14 municípios do Tocantins será beneficiados com o Programa.


Programa

Criado por técnicos da Funasa do estado do Pará, o Salta-Z é uma tecnologia tradicional de fácil aplicabilidade, baixo custo de implantação e manutenção simplificadas.

O Sistema é constituídos de filtros e dosadores de construção artesanal, de fácil operacionalização, os quais são integrados a uma caixa d`água, apresentando resultados da água para o consumo humano, compatível com os padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Na parceria com os municípios, a Funasa capacita as equipes técnicas dos municípios e lideranças comunitárias, que serão os responsáveis pela implantação da tecnologia, operação e manutenção, controle da qualidade da água e educação em saúde ambiental. A Funasa fornece também as unidades do Salta-Z para o município, em conjunto com dosador, para monitoramento de cloro residual e insumos necessários para a instalação do Sistema, dentre outras responsabilidades.

Por sua vez, cabe aos municípios parceiros - constituir formalmente grupo técnico composto por servidores municipais da Secretaria de Saúde, assegurando a participação de um educador, para desenvolver todas as atividades relacionadas a implantação do Sistema, desde a sua implantação, operação, manutenção e controle da qualidade da água, bem como o apoio permanente à comunidade, como forma de assegurar sustentabilidade.


(Assessoria de Imprensa/ Brejinho de Nazaré)