Daniel Borini assume oficialmente a secretaria de Saúde de Palmas

  • 18/Out/2018 16h05
    Atualizado em: 18/Out/2018 às 16h08).
Daniel Borini assume oficialmente a secretaria de Saúde de Palmas Foto: Raíza Milhomem

A prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro empossou oficialmente na tarde desta quarta-feira, 17, o novo gestor que administrará a Secretaria de Saúde da Capital. Servidor de carreira da pasta a mais de 15 anos, o odontólogo Daniel Borini Zemuner, ocupava a secretaria-executiva desde o último mês de agosto e estava interinamente à frente da secretaria. Na ocasião, a prefeita também anunciou o nome do auditor federal Carlos Frederico Silvério que ocupará o cargo de secretário-executivo da pasta.

A cerimônia de posse ocorreu no auditório da Secretaria da Saúde de Palmas, com a presença dos servidores da área de saúde, secretários da gestão, do defensor público, Arthur Pádua, representantes do Conselho Municipal de Saúde, amigos e de familiares.

A prefeita Cinthia falou do novo momento que o município está passando e também da escolha de um técnico para estar à frente da gestão da Saúde de Palmas. “Estamos passando por momentos difíceis em todo o país. Com investimentos cada vez mais baixos para os municípios, inclusive na área da saúde. Precisamos trabalhar com mais eficiência. Fazer mais com menos. Aqui, o nosso grande diferencial é a força que os trabalhadores da Saúde de Palmas têm. São eles que diariamente buscam inovar na sua atuação priorizando um atendimento diferenciado para os usuários”, lembrou a prefeita acrescentando que a decisão de colocar um servidor do quadro da saúde com o gestor permite que a gestão conheça melhor os caminhos a serem seguidos.

O defensor público do Estado Arthur Pádua elogiou a gestão da prefeita Cinthia Ribeiro pela escolha dos novos integrantes da secretaria da Saúde. “Não é de costume a defensoria participar de posse de secretário, mas gostaria de parabenizar a prefeita pela opção que a vossa excelência fez. É muito comum aqui no Brasil a gente lidar com as nomeações para exercícios de cargos de secretários de pessoas ligados a partidos políticos, para mim isso é um grande câncer das nossas gestões. Geralmente os grandes partidos apoiadores daqueles que são eleitos, passam a serem os donos das secretarias. E isso é terrível. O cargo de secretário é de extrema importância para uma boa gestão, uma gestão feita com transparência e para o bem comum”, pontuou o defensor.   

Para Frederico Silvério o trabalho da secretaria executiva de um órgão é mais voltado para dentro, é para dar mais tranquilidade para o gestor cuidar das políticas macros, das questões estratégicas, relacionamentos com os demais poderes. “Eu aceitei o desafio porque acredito que essa gestão é transparente e quero colaborar com toda a equipe buscando imprimir cada vez mais, eficiência na execução dos recursos públicos da saúde e na organização dos serviços”, destacou.

Em sua fala Daniel Borini, disse que ser secretário de saúde é um desafio muito grande. “Cerca de 300 mil pessoas que residem em Palmas são de responsabilidade do SUS.  E não é uma tarefa fácil, promover atendimento humanizado para toda a rede. Mas é um compromisso que assumi, porque estou disposto a fazer o melhor”, falou ao lembrar que conta com apoio de toda a rede de trabalhadores que lutam pelo Sistema Único de Saúde (SUS) integral, eficiente e forte.

Perfil

Servidor de carreira do município, concursado desde 2000, Daniel Borini Zemuner é mestre em Saúde Coletiva com concentração em Gestão de Sistemas de Saúde pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA). Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Estadual de Londrina (1987) e graduação em Odontologia pela Universidade Norte do Paraná (1993) e pós-graduação em Administração Hospitalar na Universidade Luterana do Brasil (2000).

Especialista em Processos Educacionais em Saúde pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês. Tem 20 anos de experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública. (Semus/Palmas)