Metrologia dá dicas para compra segura de brinquedos para o Dia das Crianças

  • 10/Out/2018 12h36
    Atualizado em: 10/Out/2018 às 12h37).
Metrologia dá dicas para compra segura de brinquedos para o Dia das Crianças Foto:

O dia das crianças é uma data celebrada com a troca de presentes e compra de brinquedos, roupas, entre outros, para comemorar a ocasião. Para garantir que o momento seja apenas de alegrias e diversão, é importante que pais e consumidores fiquem atentos a cuidados básicos na hora de adquirir os produtos.

A Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO) alerta que todo produto deve conter o selo de avaliação de conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a faixa etária do brinquedo. O selo é a principal evidência de que o brinquedo passou pelo processo de certificação e está em conformidade com os requisitos técnicos de segurança e desempenho estabelecidos na legislação.

“O Selo Inmetro assegura que o produto foi avaliado, testado e está em condições seguras de ser comercializado, não expondo o usuário em riscos desnecessários”, aponta o diretor técnico da Agência de Metrologia, Jailes Oliveira de Almeida.

Além de contar com a certificação, é importante que o consumidor procure pontos de venda legalmente estabelecidos e exija a nota fiscal, pois caso haja alguma desconformidade é através da nota que é possível o rastreamento dos dados do fabricante e do produto. É, também, fundamental que os pais ou responsáveis procurem por presentes, em especial, brinquedos, que estejam adequados à idade da criança. “A metrologia fornece todas as orientações via selo de certificação sobre os produtos, mas é importante que as crianças tenham a supervisão dos pais na hora de brincar”, destaca a presidente da AEM, Débora Batista Almeida Vasconcelos Miola.


Dicas a serem observados ao comprar presentes para o Dia das Crianças

· Observe se o produto tem o Selo do Inmetro.

· Verifique a faixa etária para utilização do brinquedo, sem riscos à segurança de uma criança. Isso evita, por exemplo, um engasgo por ingestão de pequenas peças ou partes.

· Fique atento quando crianças de diferentes faixas etárias brincam juntas. O brinquedo da criança mais velha pode não ser adequado à mais nova.

· Verifique se o brinquedo possui peças pequenas que podem ser engolidas ou peças cortantes. A embalagem deve informar número total de peças.

· Todas as informações sobre advertências, precauções de uso e composição do produto são obrigatórias e devem estar em português, mesmo para brinquedos importados.

· Verifique se constam os dados do fabricante e/ou importador (marca, razão social, CNPJ, entre outros). Nunca compre um brinquedo sem essas informações.