Domingo é a grande festa da Democracia

  • 05/Out/2018 11h23
    Atualizado em: 05/Out/2018 às 11h26).
Domingo é a grande festa da Democracia Foto:

Após 45 dias de campanha, onde os postulantes aos cargos majoritários e proporcionais levaram suas mensagens aos eleitores via rádio, televisão, internet e no corpo a corpo, na tentativa de conquistar o voto, enfim é chegada a hora do cidadão ficar cara a cara com a urna e exercer o direito de escolher seus representantes para os próximos quatro e oito anos (como é o caso dos senadores).

Do que se depreende até aqui, o candidato à reeleição Mauro Carlesse (PHS) da coligação Governo de Atitude que andou meio acomodado até quize dias atrás, nesta reta final resolveu acelerar o ritmo para tentar liquidar a fatura já no primeiro turno. O resultado é visível junto a seus apoiadores, que ganharam as ruas de norte a sul do estado demonstrando confiança na eleição já no primeiro turno.

Salvo algumas exceções, a maioria das pesquisas divulgadas por diversos institutos nesta última semana demonstram que o governador mantém uma larga vantagem em relação ao segundo colocado, o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) da coligação A Verdadeira Mudança. Os últimos números revelam uma estagnação das intenções de voto para o candidato de oposição e o crescimento de Carlesse, vislumbrando real possibilidade de vencer no primeiro turno. No início da noite de domingo, 7, as urnas dirão quais deles acertaram os prognósticos.

Nos últimos dias Carlesse tem focado o discurso para a importância da eleição dos dois candidatos ao Senado, conclamando a militância a pedir votos para César Halum e Eduardo Gomes. Trabalho que deveria ter sido feito desde o início da campanha. Pelo que se vê, conforme as pesquisas, a coligação governista deverá eleger apenas um senador, Eduardo Gomes (SD). A outra vaga, tudo indica estar destinada ao senador Vicentinho Alves (PR). Entretanto, os dois não estão nem um pouco tranquilos, dado ao visível crescimento de Paulo Mourão (PT), que além do prestígio pessoal vem sendo favorecido pelo crescimento da campanha petista à Presidência da República.

Irajá Abreu, que no início da campanha parecia ameaçar, favorecido pelo crescimento de Ciro Gomes que tem como vice sua mãe, senadora Kátia Abreu, estagnou junto com o presidenciável.

O senador Ataídes, embora apoiado por grande número de prefeitos de sua agremiação partidária (PSDB), não tem apresentado o resultado esperado, conforme as pesquisas, o que tem levado muitos deles a abandoná-lo nos últimos dias. Exemplo emblemático é a prefeita da capital, Cínthia Ribeiro que nesta quarta-feira, 3, declarou apoio ao candidato da chapa governista Eduardo Gomes. Cínthia promete dar a Eduardo uma votação histórica em Palmas. É esperar pra ver.

Que vençam os melhores!