Proerd certifica pais e alunos indígenas na Aldeia Canuanã em Formoso do Araguaia

  • 03/Set/2018 13h36
    Atualizado em: 03/Set/2018 às 13h39).
Proerd certifica pais e alunos indígenas na Aldeia Canuanã em Formoso do Araguaia Foto:

Na manhã desta última sexta-feira, 31, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) realizou a solenidade de formatura de 56 alunos e 74 pais dentro da aldeia indígena Canuanã, município de Formoso do Araguaia.

No evento estiveram presentes o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Gurupi, tenente-coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça; a coordenadora do Estadual do Proerd, tenente-coronel Alaídes Pereira Machado; o diretor da Escola Canuanã – Fundação Bradesco, Ricardo Figueiredo; os caciques Tehamby da aldeia Canuanã e Micael da aldeia Boa Esperança, além de algumas autoridades políticas e a banda de música da PM.

O curso inédito dentro de uma aldeia, foi coordenado pela tenente Shirley Rocha Albino e teve duração de duas semanas, sendo aplicado para os pais e alunos do 5º ao 7º ano do Ensino Fundamental da Escola Indígena Tainá. Ao todo cinco etnias foram atendidas pelo programa: Javaé, Karajá, Xerente, Tuxá e Ava-Canoero.

Além dos certificados, na solenidade também houve o sorteio de brindes e a entrega de troféus aos três primeiros colocados nas redações sobre as drogas e a violência. E na oportunidade, através da parceria com o judiciário de Formoso do Araguaia, a Escola Tainá recebeu três kits esportivos, contendo uma bola de futebol society, um apito profissional, uma luva de goleiro, 11 coletes reserva, uma bomba e dois uniformes de goleiro.

Durante o discurso à comunidade indígena, o cacique Tehamby disse que foi bem recebido quando esteve na sede do 4º BPM, acompanhado do cacique Micael. Assim, agradeceu ao comando pela parceria, por não medir esforços para implantar o projeto na aldeia. E destacou ainda a importância dos índios não se envolverem com entorpecentes ou álcool.

O comandante do 4º Batalhão de Gurupi, tenente coronel Márcio Antônio Barbosa também agradeceu a cada integrante da aldeia Canuanã pela oportunidade de trabalhar em parceria com eles. “Tenho certeza que valeu a pena acreditar nesse projeto e agora temos a pretensão de estender o Proerd para outras aldeias”, afirmou o comandante do 4º BPM.


(Ascom PMTO)