Polícia Militar do Tocantins Lança Campanha “PM Sangue Bom”

  • 21/Ago/2018 16h43
    Atualizado em: 21/Ago/2018 às 16h46).
Polícia Militar do Tocantins Lança Campanha “PM Sangue Bom” Foto: Foto Ilustração

A Polícia Militar do Tocantins por meio do 1º e 6º BPM, com o apoio da Fundação Pró-Tocantins e em parceria com o Hemocentro lança a Campanha “PM Sangue Bom”, com o objetivo de estimular os militares a colaborar com a reposição dos bancos de sangue na capital.

A primeira ação da campanha acontece nesta quarta-feira, 22, das 08h às 12h, no quartel do 1º Batalhão da PM em Palmas, localizado na Avenida LO 05, Quadra 303 Sul. Na oportunidade o ônibus do Hemocentro estará no pátio da unidade. Já a segunda ação da campanha acontecerá no dia 29/08/18, das 08h às 12h, no quartel do 6º Batalhão da PM, localizado na região de Taquaralto.

É possível que a ação se estenda para as demais unidades do estado. A PM ressalta que os policiais militares do Tocantins contribuem todos os dias com doações voluntárias. Diversas pessoas procuram as unidades para solicitar doações de sangue, por reconhecerem na PM uma instituição parceira e disposta a apoiar quem precisa.

Requisitos básicos para doação:
 
• Apresentar documento oficial com foto
• Ter entre 16 e 69 anos de idade - jovens entre 16 e 17 anos podem ser aceitos como candidatos a doação de sangue, com o consentimento formal assinado pelo responsável legal e apresentação de um documento oficial com foto, para cada doação. Para a primeira doação o responsável legal deverá estar presente. Nas subsequentes o menor poderá doar apresentando o termo de autorização com a assinatura do responsável legal registrada em cartório.
• O limite para a primeira doação é de 60 anos de idade
• Pesar no mínimo 50 Kg
• Estar em boas condições de saúde e higiene no momento da doação
• Não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas 3 horas que antecedem a doação
 
Impedimentos temporários:
 
• Resfriado (até o desaparecimento dos sintomas)
• Gravidez
• 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana
• Amamentação (se o parto acorreu há menos de 12 meses)
• Ingestão de bebida alcoólica nas últimas 12 horas que antecedem a doação
• Tatuagem nos últimos 12 meses
• Comportamento de risco para doenças transmissíveis (aguardar 12 meses)
• Em uso de medicação
 
Intervalos para doação:
 
• Homens – 60 dias (até quatro doações por ano)
• Mulheres – 90 dias (até três doações por ano)
 
Você nunca poderá ser doador de sangue se:
 
• Tem ou teve um teste positivo para HIV
• Teve hepatite após os 11 anos de idade
• Tem doença de chagas
• Teve algum tipo de câncer, incluindo leucemia
• Tem graves problemas no pulmão, coração, rins ou fígado
• Tem problema de coagulação de sangue
• É diabético em uso de medicamentos
• Teve tuberculose extra-pulmonar
• Já teve elefantíase (filariose)
• Já teve hanseníase
• Já teve calazar (leishmaniose visceral)
• Recebeu transplante de córnea ou implante de material biológico à base de dura-máter
• Tem alguma doença que gere inimputabilidade jurídica
• Foi submetido a gastrectomia total
• Foi submetido à pneumectomia
• Foi submetido à esplenectomia não decorrente de trauma
• Se foi submetido a transplante de órgãos ou de medula