FCP recebe exposição de trabalhos artísticos de estudantes IFTO

  • 08/Ago/2018 15h07
    Atualizado em: 08/Ago/2018 às 15h15).
FCP recebe exposição de trabalhos artísticos de estudantes IFTO Foto: Divulgação

Foi realizada na noite desta terça-feira, 7, na galeria da Fundação Cultural de Palmas, a vernissage da exposição "Desenhando Caminhos", que reúne os trabalhos em diferentes técnicas, produzidos pelos estudantes do curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) em Ilustrador, ofertado pelo Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO).

O curso iniciou em setembro de 2017. Os participantes conheceram técnicas de desenho artístico, pintura em aquarela e nanquim estêncil, além de ilustração digital. O responsável pelo curso, professor Pablo Marquinho, destacou que a ação visou promover a formação de profissionais na área de Ilustração, a partir da apropriação de conhecimentos da linguagem artística e do processo criativo, demonstrando diversas possibilidades de aplicação da ilustração em projetos artísticos e em comunicação visual. 

"Estamos encerrado a etapa deste curso, onde os alunos desenvolveram esses trabalhos com muito esforço e dedicação. Fico feliz de estarmos aqui na Fundação Cultural, onde fomos muito bem recebidos. Agradeço a toda equipe gestora do Instituto Federal do Tocantins pelo apoio. O momento é dos alunos que participaram. São eles os artísticas que estão expondo os seus trabalhos e estão todos de parabéns", disse Pablo Marquinho. 

A pró-reitora de Pesquisa e Inovação, Paula Karini, que na ocasião, representou o reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, ressaltou a importância dos cursos FIC e parabenizou os alunos artistas. "Sejam muito bem-vindos a este evento tão bonito e tão cheio de vida. Os cursos de Formação Inicial e Continuada são realmente uma oportunidade, uma porta de conexão do Instituto com a comunidade. É com muita alegria que estamos aqui hoje para homenagear essa iniciativa tão bonita e vocacional. Uma oportunidade singela, que na sua simplicidade, nos apresenta essa grandeza, que nos toca de uma maneira muito marcante e especial", afirmou.

Na ocasião, o diretor-geral do Campus Palmas, Wendell Costa, também ressaltou a importância da iniciativa. "É um motivo de grande alegria estar aqui e prestigiar esse excelente trabalho feito pelos nossos estudantes. O Instituto vai muito além do que o ensino técnico, aqui está exposto a manifestação cultural dos nossos alunos . É isso que queremos: unir todos os esforços para servir cada vez mais a nossa comunidade. Que possamos estreitar cada vez mais nossos laços", declarou. 

O presidente da Fundação Cultural de Palmas, Giovanni Assis, agradeceu a parceria e parabenizou os artistas e profissionais envolvidos. "É uma felicidade enorme esse momento. Quero agradecer ao IFTO pela parceria. Sejam todos bem-vindos. Aqui é a casa da cultura de Palmas. É tão bonito olhar para cada um desses desenhos e ilustrações, conciliando isso na construção, no desenho de um caminho rico e longo para a cultura de Palmas. A casa é de vocês. Que essa seja a primeira de muitas parcerias, de muitas trocas", afirmou. 

Desenhando Caminhos

Durante a exposição, os estudantes falaram sobre a satisfação em concluir o curso, bem como acerca da oportunidade de compartilhar seus talentos junto à comunidade. 

"É o ápice do nosso trabalho. É o meu primeiro curso nessa área e, receber essa orientação, fez muita diferença. Sempre desenhei, mas com o aperfeiçoamento da técnica pude sentir todo o diferencial. Muito satisfatório ir às aulas. Estou muito feliz em dividir esse momento com a minha família e dedico em especial à minha mãe, que já faleceu e com certeza estaria muito orgulhosa. É uma vitória chegar até aqui", disse a estudante Joamara Machado. 

"O curso foi um divisor de águas. Já desenhava antes e puder notar a evolução do meu trabalho através dessa orientação. Ao aprender mais sobre a técnica, a gente percebe que tem todo um caminho a seguir. Busquei inspiração nos artistas que eu gosto, no universo do rap, da cultura hip-hop. Um dos motivos foi buscar aperfeiçoar a minha arte na rua", declarou o estudante Jeferson Santos. (Mayana Matos)