Verticalização impulsiona o mercado da construção civil em Palmas

  • 23/Jul/2018 16h16
    Atualizado em: 23/Jul/2018 às 16h19).
Verticalização impulsiona o mercado da construção civil em Palmas Foto: Divulgação/MRV

Em crescimento contínuo, a jovem Palmas (TO) está no topo da lista das cidades com maior crescimento populacional, segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De 279 mil habitantes em 2016, chegou a 286 mil no ano passado. O que representa um aumento de 2,48%. Com o aumento da população outra tendência vem crescendo na capital do Tocantins, a verticalização da cidade.

Diante disso, grandes empresas do segmento da construção civil estão investindo na região. Esse é o caso da MRV Engenharia, maior construtora da América Latina com e 38 anos de atuação nacional. Há um ano no mercado palmense, a construtora, que já investiu mais de R$ 6,7 milhões e gerou mais de 150 empregos diretos em seu primeiro empreendimento na cidade, se prepara para seu segundo lançamento, o residencial Palmeira Real.

Localizado no Plano Diretor Sul, o Palmeira Real terá 240 unidades com dois quartos, vaga de garagem e elevador. O condomínio fechado contará ainda com salão e festas, espaço gourmet, bicicletário, piscinas adulto e infantil, água individualizada, Wi-Fi nas áreas comuns, sistema de segurança e pomar.

“Atuamos em um segmento que há muita demanda, sabemos do alto déficit habitacional no país e trabalhamos para tornar possível o sonho da casa própria. Em Palmas o mercado está em crescimento e já temos expectativas para novos lançamentos até 2019”, fala Rafael Cassio de Aquino, gestor de vendas da construtora.

Diferencial no mercado

Fazendo parte na nova linha de produtos da MRV, o residencial Palmeira Real conta com um sistema de geração de energia solar fotovoltaica para as áreas comuns que garantirá maior economia para os condomínios.

“Assim como nosso primeiro empreendimento em Palmas, o Palmeira Real terá instalado em seu telhado células fotovoltaicas que converterá energia solar em energia elétrica para as áreas comuns. A carga gerada é transmitida para a rede de distribuição da concessionária de energia local e, ao final do mês, a energia produzida pelo sistema entra como saldo e é abatida da conta de luz mensal, podendo até mesmo cobrir quase totalidade da conta do condomínio”, explica o gestor de vendas.

As unidades do empreendimento podem ser adquiridas por famílias com renda familiar a partir de R$ 2.200,00. Entre as facilidades comerciais oferecidas pela construtora está o parcelamento da entrada em até 60 vezes.

Sobre a MRV

Fundada em outubro de 1979, a MRV Engenharia é líder nacional no mercado de imóveis econômicos e a primeira construtora da América Latina a oferecer energia fotovoltaica para seu segmento de atuação. Presente em mais de 150 cidades de 22 Estados e no Distrito Federal, em seus 38 anos de atividade já vendeu mais de 300 mil unidades.