Em acordo intermediado pela prefeita Cínthia, Marilon Barbosa foi escolhido para presidir a Câmara de Palmas

  • 29/Jun/2018 10h19
    Atualizado em: 29/Jun/2018 às 10h24).
Em acordo intermediado pela prefeita Cínthia, Marilon Barbosa foi escolhido para presidir a Câmara de Palmas Foto:

A Câmara de Palmas elegeu nesta quinta-feira, 28, a nova mesa diretora da Casa. A votação, que contou com apenas uma chapa para a disputa, ocorreu em sessão ordinária liderada pelo atual presidente da Casa, vereador Folha. A nova mesa diretora toma posse em 1º de janeiro do ano que vem, para um mandato de dois anos. A sessão contou com a presença da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB).

Folha destacou que a escolha dos novos líderes da Câmara ocorreu de forma democrática e seguindo os preceitos legais e éticos que o momento exige. “Esperamos que o novo presidente possa dar sequência à modernização dos processos legislativos, ao trabalho de transparência dos atos da Casa de Leis e a essa abertura que nós promovemos entre o legislativo e a população”, enfatizou.

Pelo resultado da votação, a partir de janeiro de 2019 a mesa diretora ficará composta da seguinte forma: Marilon Barbosa (PSB) – presidente; Vandim do Povo (PSDC) – vice-presidente; Etinho Nordeste (PTB) – primeiro secretário, Gerson Alves (PSL) – segundo secretário e Professor Júnior Geo (PROS) – terceiro secretário. Todos os 19 vereadores participaram do pleito, decidido através de maioria absoluta dos votos.

O presidente da Casa desejou saúde, sabedoria e discernimento para os novos gestores. Na tribuna, o presidente eleito falou de sua trajetória e ressaltou o apoio dos pares, agradecendo o voto de confiança. “Queremos implantar uma gestão com a participação de todos os vereadores e fazer um trabalho conjunto com o Município. Estamos aqui para somar”, ressaltou Marilon.

Apesar de ter declarado apoio à gestão da prefeita Cínthia Ribeiro, Marilon ressaltou que após assumir a presidência da Casa em janeiro de 2019, uma de suas primeiras ações será a instalação da CPI do Previpalmas, para apurar as aplicações duvidosas de cerca de R$ 56 milhões do fundo previdenciário do funicionalismo do município.

A prefeita Cinthia Ribeiro destacou a importância da democracia. “Essa votação de hoje marca a maturidade desta Casa, do respeito ao voto. A Câmara de Palmas marca aqui um novo tempo, um tempo de prosperidade e paz”, pontuou. (Com informações da Dicom)