Kátia Abreu faz apelo à Defensoria por cirurgias para crianças tocantinenses

  • 23/Jun/2018 17h26
    Atualizado em: 23/Jun/2018 às 17h28).
Kátia Abreu faz apelo à Defensoria por cirurgias para crianças tocantinenses Foto: Divulgação

Diante da morte, neste ano, de quatro crianças tocantinenses que esperavam por cirurgias de coração, a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) fez um apelo ao defensor público-geral do Estado. A parlamentar pede apoio do órgão para evitar novas tragédias semelhantes.

Em ofício enviado nesta quarta-feira, 20, a parlamentar lembra que, no ano passado, intermediou o envio de 13 crianças tocantinenses com cardiopatia congênita para serem operadas na Santa Casa de Misericórdia da capital gaúcha – instituição de excelência e referência em cirurgia cardíaca. A medida foi necessária porque o Tocantins não realiza esse tipo de procedimento.

No documento enviado ao Dr. Murilo da Costa Machado, Kátia Abreu afirma que, à época das cirurgias, procurou a Defensoria-Pública de Saúde do Tocantins e se colocou à disposição para intermediar vagas a outros bebês na capital gaúcha, uma vez que a Santa Casa de Misericórdia havia se mostrado de portas abertas.

“Apesar da minha oferta de ajuda no ano passado, nesta semana fui surpreendida com a notícia de que, somente em 2018, quatro crianças com cardiopatia congênita morreram em decorrência da falta de cirurgia no Tocantins”, lamentou a senadora. “Por isso, solicito apoio no sentido de trabalharmos juntos para que mortes como estas possam ser evitadas no nosso Estado”, concluiu Kátia Abreu no ofício endereçado ao defensor geral. (Ascom da senadora)