Terça Literária apresenta o sarau Rio Araguaia: Âncora de Vidas, Esperança, Imaginário e História

  • 18/Jun/2018 08h35
    Atualizado em: 18/Jun/2018 às 08h37).
Terça Literária apresenta o sarau Rio Araguaia: Âncora de Vidas, Esperança, Imaginário e História Foto: Divulgação

Um retrato do Rio Araguaia, de uma via importante para o transporte, até se tornar fonte de lazer e entretenimento poderá ser visto no projeto Terça Literária do dia 19 de junho, ocasião em que a escritora, presidente da Academia Palmense de Letras (APL), Francisquinha Laranjeira, apresentará o sarau “Rio Araguaia: Âncora de Vidas, Esperança, Imaginário e História”. O sarau acontece às 20 horas, no Theatro Fernanda Montenegro, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.

Na ocasião parte da História de Goiás/Tocantins, século XIX, será contada, de forma lúdica. Uma mostra de como se processou a hibridez cultural e como as identidades foram se construindo, com o desenvolvimento das políticas fundiárias, defesa e comercialização agrícola, ao longo do rio e de seus afluentes, explica Francisquinha.
 
O evento é baseado nas obras “Nas águas do Araguaia, a Navegação e a Hibridez Cultural”, e “Fronteiras e Conquistas pelo Araguaia no Século XIX”, ambos de Francisquinha Laranjeira, e que estarão disponíveis para venda.

Esta 4ª edição da Terça Literária retratará a história do Tocantins, a partir de um olhar diferenciado sobre o Rio Araguaia: âncora de vidas, esperança, imaginário e história, cujo enredo será mostrado através de declamação de poesia, dramatização, apresentação de dança, música e vídeo documentário.

“A ideia é mostrar a multiplicidade, a diversidade e a complexidade que marcaram a evolução temporal do espaço rio, como via de navegação, trabalho e entretenimento, ressaltando o poder de provocar coesão social, além de fazer papel mediador entre estados. Apresentará o rio como o caminho, a estrada fluída, o espaço social que provoca no imaginário humano, o desejo de conhecer seus mistérios” afirma a escritora.


Terça Literária

Parceria entre a FCP e a Academia Palmense de Letras (APL), o projeto Terça Literária tem a finalidade de valorizar e difundir a produção literária de escritores tocantinenses, através da promoção de saraus literários, declamação de poesia, palestras, projeção de vídeos, apresentações musicais, debates sobre a obra de autores locais e sessão de autógrafos, entre outros eventos.

O projeto tem a finalidade de incentivar à formação de plateia para Literatura e Teatro desenvolver o lado emocional de crianças, jovens e adultos, a oralidade e a expressividade. Também propõe despertar a curiosidade de alunos a se interessarem mais pela leitura, além de ampliar conhecimento sobre as diversidades dos temas tratados.