Justiça determina retirada de notícia falsa contra o candidato Vicentinho Alves

  • 08/Jun/2018 13h18
    Atualizado em: 08/Jun/2018 às 13h19).

Decisão da Justiça Eleitoral expedida na noite desta quinta-feira, 7 de junho, determinou que o site http://www.claudemirbrito.com.br retire do ar, imediatamente, notícia falsa que acusava o candidato a governador da coligação “É a Vez dos Tocantinenses” na eleição suplementar, senador Vicentinho Alves (PR), de promover suposto calote em agência de publicidade que fez a sua campanha em primeiro turno.

O texto, mesmo publicado em forma de notícia, não tinha qualquer prova, documento e sequer depoimento contra o candidato.

Caso a matéria permaneça no ar, o site será multado em R$ 10 mil. O prazo máximo para comprovar a retirada do texto do site ao TRE-TO (Tribunal Regional Eleitoral) é de 24 horas.

Na decisão, a desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe não poupou críticas à forma como foi feito o material.

“Nesse diapasão, entendo que a crítica ora atacada descambou para o insulto pessoal”, frisou a magistrada. A decisão de Etelvina é liminar e atendeu pedido de urgência da coligação de Vicentinho. No mérito, o candidato pleiteia o uso de direito de resposta no site, o que ainda será decidido.