Atletas da Academia de Artes Marciais da PM/TO consagram-se campeões em Fortaleza

  • 29/Mai/2018 17h40
    Atualizado em: 29/Mai/2018 às 17h43).
Atletas da Academia de Artes Marciais da PM/TO consagram-se campeões em Fortaleza Foto: Divulgação

A Academia de Artes Marciais do 2° Batalhão de Polícia Militar em Araguaína enviou cinco atletas para competirem no Campeonato Brasileiro de jiu-jitsu, que ocorreu no último dia 20, no Centro de Formação Olímpica em Fortaleza (Ceará).

Os atletas foram: o mestre e professor de Jiu-jitsu da Academia do 2º BPM Ivanildo Silva – “Feinho” e os seus alunos: Soldado Hugo Martins Bruno, Jorge Lopes Nicolete, Jefferson Fagundes e Nalberth Emanuell, todos atletas da Escola de Artes Marciais do 2º Batalhão. Eles já carregam uma bagagem de muitas vitórias, sendo que o Mestre Feinho já se sagrou campeão mundial de jiu jitsu em um campeonato internacional e os outros dois atletas já sagraram-se campeões em outros eventos interestaduais.

Neste campeonato em Fortaleza, o mestre e professor Ivanildo Silva – “Feinho” (faixa preta), sagrou-se campeão na categoria até 82 Kg sem kimono, ficou em segundo lugar na categoria com kimono e terceiro na categoria absoluto sem kimono.

Já o Soldado Hugo Martins Bruno (faixa azul) foi campeão na categoria até 76 Kg com kimono e ficou em terceiro lugar na categoria absoluto com kimono; o terceiro atleta Nalberth Emanuell (faixa azul) sagrou-se campeão na categoria juvenil até 64 Kg sem kimono e segundo lugar na categoria com kimono.

O quarto atleta Jorge Lopes Nicolete (faixa marrom) conquistou o segundo lugar na categoria acima de 100 Kg sem kimono e terceiro lugar na categoria absoluto com kimono; já o quinto atleta Jefferson Fagundes (faixa azul) conquistou o segundo lugar na categoria até 70 Kg com kimono e terceiro lugar na categoria sem kimono.

O soldado Bruno demonstrou-se bastante satisfeito com os seus resultados no evento. “Estou muito feliz por representar minha instituição no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu, trazendo mais essa honraria dessa vitória nacional para a nossa Unidade Militar localizada em Araguaína-TO. Eu divido essa conquista com todos os meus irmãos militares e minha família que sempre me apoiaram nos treinos”, disse.

O comandante do 2º BPM, tenente-coronel João Márcio Costa Miranda, parabenizou todos os atletas pelas conquistas e destacou o quanto vale a pena apoiar projetos sociais em benefício das pessoas de bem da comunidade. “O esporte proporciona saúde física e emocional e é fator motivacional para cultivar a autoestima dos atletas, de suas famílias, da instituição e da comunidade que eles representam, vale sempre muito a pena apoiá-los”, destacou o tenente-coronel.