A 18ª Edição do Movimento pela Vida começa na próxima quarta-feira, 30, em Taquaruçu

  • 24/Mai/2018 11h15
    Atualizado em: 24/Mai/2018 às 11h20).

Com o tema: “É urgente um grande movimento pela vida, agora, por todos nós”, o evento reúne representantes de diversas correntes religiosas, artistas plásticos, debates sobre a diversidade, ecologia e uma vida mais sustentável. “Vivemos um período que torna necessário o nosso agir. O que propomos, este ano, é não só amadurecer as ideias, mas executar, pôr a mão na massa para tornar nosso planeta mais justo, respeitoso e harmônico.

Assim como aconteceu em 2017, este ano o Movimento pela Vida faz uma parceria com o 5º Festival de Circo de Taquaruçu, evento que acontece simultaneamente e que traz para Palmas artistas circenses de diversas partes do Brasil, além de atrações internacionais.

O Movimento pela Vida trouxe para Palmas essa ideia de convívio com a diversidade, sobretudo a religiosa. Temos contato com muçulmanos, judeus, Hare Krishnas, xamãs e isso não existia em Palmas. Nas bênçãos ecumênicas de Palmas, já percebemos essa conquista, que não é só o católico e o evangélico, hoje se convida também a Fé Bahá’ í, a Bruma Kumaris, a Seicho No-Ie e o Candomblé". Na programação, constam atividades como roda de conversa sobre recursos hídricos, diversidade sexual, combate às drogas; shantalla (massagem para bebês), tarô, Reiki, acupuntura, oficina de plantio de ervas e aromoterapia, entre outras mais de 130 atividades gratuitas.

O evento acontece em Taquaruçu no período de 30 de maio a 02 de junho.