Governo do Estado e ITPAC firmam parceria para reforma e ampliação do Hospital Regional de Porto Nacional

  • 22/Mai/2018 11h48
    Atualizado em: 22/Mai/2018 às 12h07).
Governo do Estado e ITPAC firmam parceria para reforma e ampliação do Hospital Regional de Porto Nacional Foto: Governo do Tocantins

O Governo do Estado e o Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITPAC) de Porto Nacional assinaram nesta segunda-feira, 21, uma Carta de Intenções que prevê reforma e ampliação do Hospital Regional de Porto Nacional (HRPN) ao mesmo tempo em que a unidade disponibiliza espaço para estágio e residência dos alunos da instituição.

O representante do ITPAC, Cleber Decarli de Assis, assegura que assinatura da carta “é muito relevante pela responsabilidade social que é um dos nossos valores e segundo porque nossos alunos atuam no HRPN e parte dos estágios deles é neste hospital, e tendo um espaço melhor organizado a gente ganha em qualidade educacional”.

Já para o diretor geral da unidade hospitalar, Gilberto Dias Correia, “é muito importante para nós e toda a população de Porto Nacional, mostra o comprometimento com a saúde e essa assinatura aumenta em 50% a capacidade de atendimento à população dos municípios referenciados”, afirmou.

O acordo prevê a ampliação da internação com 24 leitos de pediatria e mais 10 de ortopedia. Além disso, serão reformados o ambulatório, enfermaria, pronto socorro, cozinha e lavanderia. No total, serão 2.300m² de reforma e 320m² de ampliação.

Segundo a superintendência de unidades próprias da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a ampliação de consultórios e leitos de internação aumenta em 50% a capacidade atendimento à população.

HRPN

O Hospital Regional de Porto Nacional faz parte da Região de Saúde Amor Perfeito, com mais de 108 mil habitantes e recebe cerca de 100 pacientes diariamente no Pronto Socorro. A unidade é referência para 13 municípios sendo eles Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Chapada da Natividade, Fátima, Ipueiras, Mateiros, Monte do Carmo, Natividade, Oliveira de Fátima, Pindorama, Ponte Alta do Tocantins, Santa Rosa e Silvanópolis. A unidade realiza cirurgias ortopédicas, gerais e ginecológicas. Atualmente, conta com 101 leitos cadastrados.