A empresários de Araguaína, Mário Lúcio defende revisão profunda do sistema tributário do Tocantins

  • 16/Mai/2018 10h40
    Atualizado em: 16/Mai/2018 às 10h44).
A empresários de Araguaína, Mário Lúcio defende revisão profunda do sistema tributário do Tocantins Foto: Divulgação

Mário Lúcio, candidato do Psol ao Governo do Tocantins, falou nessa terça-feira, 15, a empresários de Araguaína durante sabatina na Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara). Em sua fala, Mário Lúcio, discorreu sobre suas propostas para o meio empresarial e pregou que é necessário haver uma revisão profunda do sistema tributário do Estado.

“Precisamos promover a qualificação da mão de obra, das linhas de financiamentos e de um sistema tributário justo, que possa unir a produção e estimular o consumo, podendo assim consolidar e avançar para o desenvolvimento sustentável do tocantins. O setor empresarial é extremamente importante para gerar mais emprego e estimular a economia, precisamos apoiá-lo e não sobrecarregar a classe com essa carga abusiva de impostos”, disse.

Mário Lúcio também criticou o que chamou de incentivos fiscais equivocados, que prejudicam as finanças do Estado e não trazem retorno para a população. “O Estado deixa de arrecadar, o beneficiário o incentivo não repassa aquela redução para o cidadão. E esses incentivos do Governo, não beneficiam o empresariado local, mas sim grandes empresários de fora, por meio de negociatas obscuras. Precisamos rever esse tipo de política”, explicou.

Em suas considerações, Mário Lúcio destacou o papel de Araguaína para o equilíbrio da economia do Tocantins. “Araguaína é um dos maiores polos econômicos do estado. Tem um comércio pujante, uma economia forte, diversificada. É rota de comércio não só para os seus moradores, mas também para outras cidades do Tocantins e de estados vizinhos. Precisamos ter um olhar especial para o desenvolvimento dessa região, conversar com o empresariado, fomentar a chegada de indústrias, gerar empregos e renda para a população”, concluiu.

A sabatina foi acompanhada também pelo candidato a vice-governador na chapa de Mário Lúcio, professor Mayst Maia (Psol).