Calendário de manejo integrado do fogo é atualizado

  • 08/Mai/2018 14h14
    Atualizado em: 08/Mai/2018 às 14h16).



A gestão da Área de Proteção Ambiental (APA) do Jalapão e as comunidades rurais locais estão realizando, desde o dia 22 de abril, Oficinas Participativas para atualização do Calendário de Manejo Integrado do Fogo (MIF) para 2018. As oficinas estão previstas para encerrar no dia 12 de maio. A ação tem como objetivo dialogar e fortalecer as relações entre o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e as comunidades da região do Jalapão.

Há muito tempo, os comunitários da região utilizam o fogo como ferramenta de manejo do solo, seja para a renovação da pastagem, o preparo da roça, o manejo do capim dourado ou a proteção de veredas e nascentes. Desde 2015, a APA do Jalapão, em parceria com as prefeituras, está dialogando com os comunitários, tendo o Manejo de Base Comunitária como uma das estratégias de gestão do território.



O Manejo Integrado do Fogo é uma estratégia que associa aspectos ecológicos, socioeconômicos e técnicos com o objetivo de integrar ações de controle de queimadas e de prevenção e combate aos incêndios florestais.



“Na APA do Jalapão, a estratégia está sendo aplicada com base no diálogo, na participação e na responsabilidade na gestão do fogo, de forma a conhecer, entender e relacionar os conhecimentos e necessidades das populações locais, com os objetivos de criação da Unidade de Conservação”, destacou a gestora da APA, Rejane Nunes.



Outros temas de interesse da comunidade foram abordados, a exemplo do Ordenamento do Turismo na região; o Manejo do capim dourado; Informações das secretarias de Meio Ambiente dos municípios e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); e ainda sobre a Linha Verde do Naturatins, importante canal de denúncias de crimes ambientais e de fácil acesso ao cidadão. Também foram realizadas Avaliações das práticas extrativistas.



A gestora Rejane Nunes ressalta as principais atividades apoiadas pela equipe gestora da APA. “Além do Manejo Integrado do Fogo, foram enfocados assuntos como o extrativismo dos frutos do Cerrado, Agricultura Familiar e Turismo de Base Comunitária. Como colaboradores desta parceria temos o Parque Estadual do Jalapão, o Ruraltins e as prefeituras municipais. A nossa meta é realizar 10 oficinas e estabelecer 11 Zonas de Manejo do Fogo na APA do Jalapão. Ao todo, iremos orientar cerca de 200 produtores rurais em toda a APA”, salientou. (Com informações da APA do Jalapão).