STJ determina abertura de novos inquéritos contra Marcelo Miranda

  • 12/Abr/2018 15h36
    Atualizado em: 12/Abr/2018 às 15h43).
STJ determina abertura de novos inquéritos contra Marcelo Miranda Foto: Secom/Governo do Tocantins

O governador Marcelo Miranda não vive seus melhores dias. Correndo contra o relógio na tentativa de reverter a cassação do mandato imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 22 de março, foi surpreendido nesta quinta-feira, 12, com a decisão do ministro Mauro Campbell Marques, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou a abertura de sete novos inquéritos, em processo que tramita no STF desde 2015, para investigar supostos crimes que envolve, além do governador, membros de sua família e outras pessoas a ele ligadas.

Além do governador, O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra seu pai, José Edmar Brito Miranda; contra seu irmão, José Edmar Brito Miranda Junior; além de Luiz Pereira Martins, Alexandre Fleury Jardim, Rossine Aires Guimarães, Antônio Lucena Barros e Alaor Jual Dias.

O teor da denúncia não foi divulgado, mas é sabido que está relacionada à Operação Reis do Gado deflagrada em 2016 pela Polícia Federal.

O objetivo das investigações é constatar se ocorreram crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em negociações de aviões, em contratos firmados pelo Estado com construtoras, aquisição de veículo e viagem oficial do ex-secretário Brito Miranda pela Europa com a família, entre outros.

O ministro Mauro Campbell deu prazo de 15 dias para que a defesa dos investigados se manifeste.