Em sessão solene realizada nesta terça-feira, 10, Assembleia Legislativa presta homenagem a jornalistas

  • 10/Abr/2018 16h50
    Atualizado em: 10/Abr/2018 às 16h57).
Em sessão solene realizada nesta terça-feira, 10, Assembleia Legislativa presta homenagem a jornalistas Foto: Clayton Cristus

A Assembleia Legislativa realizou na manhã desta terça-feira, 10, sessão solene em comemoração ao dia do jornalista, que é celebrado no dia 7 de abril. A sessão foi presidida pela deputada Luana Ribeiro.

Anualmente, a Assembleia, por indicação dos deputados, elegem profissionais da imprensa escrita, falada e televisada, para receber uma placa comemorativa, como forma de reconhecimento pelo trabalho prestado à sociedade, na missão de bem informa-la.

Na sessão de hoje foram homenageados os seguintes profissionais: Carlos Gomes, Ivonete Mota, Cleber Toledo, Alessandra Barcelar, Kiara Lubick, Georgethe Pinheiro, Márcia Alves, Eduardo Azevedo, Arnaldo Filho Lima, João Renildo Gomes, Álvaro Valim, Welcton Rodrigues de Oliveira, João José Ferreira da Silva, Maria José Cotrim e Fernando Almeida da Costa.

Um fato chamou a atenção dos presentes. O plenário vazio de deputados. Dos 24 parlamentares que compõe o legislativo tocantinense, além da deputada Luana Ribeiro, que presidiu os trabalhos, apenas sete se fizeram presentes à homenagem aos jornalistas: Elenil da Penha, Nilton Franco, Wanderlei Barbosa, Valderez Castelo Branco, Toinho Andrade, Paulo Mourão e Zé Roberto.

Falando em nome dos colegas homenageados, o jornalista Cleber Toledo, destacou o papel do jornalista na sociedade e a luta pela conquista de leitores, telespectadores, internautas e ouvintes. Ele falou das dificuldades da profissão, muitas vezes mal compreendida, e impedida de exercer seu papel.

“Ser operário dessa causa exige coragem, sacerdócio, devoção, sacrifício e esforço, pois muitas vezes, mesmo sem reconhecimento, insistimos, lutamos, nos ferimos, e de cabeça erguida, prosseguimos. O fato de sermos vítimas dessa batalha, por si só, mostra o quanto somos fundamentais e como a informação tratada por profissionais é um produto de primeira necessidade para a construção da sociedade, para seu fortalecimento, para seu amadurecimento e para o seu desenvolvimento”, ressaltou.
Cleber agradeceu à Casa por lembrar da luta e bandeiras levantadas pelos jornalistas e a todos os cidadãos que, por meio do trabalho da imprensa, pautam suas vidas, formam suas opiniões e tomam suas decisões.