Produtores tocantinenses investem em tecnologias para alcançar alta produtividade na soja

  • 26/Mar/2018 16h06
    Atualizado em: 26/Mar/2018 às 16h08).
Produtores tocantinenses investem em tecnologias para alcançar alta produtividade na soja Foto:

A produção de grãos no Tocantins nos últimos anos vem crescendo e apresentando produtividade cada vez mais expressiva, principalmente a cultura da soja. Os produtores estão constantemente em busca de novas tecnologias e boas práticas para aumentar a produtividade em suas lavouras, produzindo mais com menos custos e, assim, garantir a competitividade do produto.

No 6° levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) já aponta um crescimento de 2,9% na produtividade da soja para esta safra 2016/2017, de 2.991 quilos por hectare, ou seja, média de 50 sacas por hectare. A área plantada foi de 992 mil hectares com previsão de colheita de 2,9 milhões de toneladas.

Para o engenheiro agrônomo da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Thadeu Teixeira Júnior, a expectativa dos produtores é que o aumento fique entre 10 e 15% na produtividade da soja. Para tanto, diversos fatores contribuem para esse ganho positivo. “O Tocantins conta com pesquisas que envolvem alto nível tecnológico, aliada às condições climáticas favoráveis, acreditamos em um cenário de recuperação para os produtores, uma vez que, enfrentamos duas safras com perdas significativas de produção”, informou.

 Bons resultados

Para o engenheiro agrônomo da Cooperativa Agroindustrial de Pedro Afonso (Coapa), Eduarte Aparecido, os produtores da região, que somam 130, estão otimistas com a produtividade da soja. “Já colhemos cerca de 60% da produção e estamos alcançando uma média de 55 a 70 sacas por hectare, considerada uma excelente produtividade, resultado dos investimentos em variedades apropriadas, adubação, herbicida e fungicida e o principal deste ano, a chuva bem distribuída contribuindo com a produção”, argumento.

Eduarte Aparecido explica ainda que, a nível experimental, um produtor da Coapa conseguiu alcançar produtividade acima da média, em torno de 84 sacas por hectares, demonstrando que com o uso da tecnologia adequada, pode-se alcançar maiores rendimentos.

O produtor de Porto Nacional, Renato Schneier, aponta a expectativa de alta produtividade em suas plantações. “Ainda estamos em fase de colheita da soja, mas a perspectiva é de aumento de 15% na produtividade. Na safra passada, tive uma colheita de 46 sacas, este ano estamos alcançando média superior a 55 sacas por hectare devido ao alto investimento em insumos, sementes sadias, defensivos, clima favorável, entre outros”, ressaltou.(Com informações da Seagro/Governo do Tocantins)