Rafael Dias Chora Sanfona: o novo trabalho

  • 06/Fev/2018 17h24
    Atualizado em: 06/Fev/2018 às 17h29).
Rafael Dias Chora Sanfona: o novo trabalho Foto: Foto Chora Sanfona - Rafael Dias

O álbum “Chora Sanfona”, é totalmente composto por música sertaneja, reunindo três participações especiais, sendo da dupla João Lucas & Marcelo destacados pelo sucessos “Eu quero tchu, Eu quero Tcha”, a dupla canta com o Rafael Dias a guarânia “Chora Sanfona”, de composição do próprio Marcelo; tem também a dupla Mococa & Paraíso, na música “Noite Maravilhosa” de composição do Paraíso, essa música foi o primeiro sucesso da dupla Cezar & Paulinho, e agora regravada na voz do Rafael Dias, e ainda, a dupla Leyde & Laura, interpretando à música do compositor tocantinense, Lucimar Pereira.

O CD reúne duas músicas de autoria do cantor Rafael Dias, sendo elas o “Amor Correspondido” em parceria com Lucimar Pereira, e “Tô Caindo Fora” de Rafael Dias.

Muitos outros compositores de renome nacional da música sertaneja fazem parte do repertório do cantor, sendo eles, o compositor Antônio Victor, responsável pelos inúmeros sucessos de Chico Rey & Paraná, Victor Raone, autor de músicas interpretadas por Barrerito, e também o compositor e cantor Zé Mulato da dupla Zé Mulato & Cassiano, José Caetano Erba e José Fortuna.

Rafael Dias

Nascido em março de 1984 em Brasília (DF), formado em Direito, radialista, cantor, compositor e multi-instrumentista, embora brasiliense de nascimento, considera-se tocantinense de coração, para onde veio de mudança juntamente com seu saudoso pai Pereira e sua mãe Mara.

No Tocantins fez parte do trio sertanejo Os Canarinhos do Brasil, tocando seu precioso acordeon, muito jovem, era cada vez mais reconhecido por grandes apreciadores da música sertaneja de raiz.

Em 2007, o trio se apresenta com a música “Depois que a Rosa Mudou” composição de Serrinha no Programa Viola, Minha Viola da saudosa Inezita Barroso, após a apresentação, o saudoso e grandioso jornalista Salomão Wensceslau disse ao palco do programa “Inezita, olha no rosto desse sanfoneiro, desse menino, e você vai ver porque que a música sertaneja não se acaba, porque tem você, esse é o retrato fiel da sua persistência da sua garra de não deixar a música sertaneja morrer, ali está o fruto daquilo que há de melhor no Brasil, a raiz do sertão”

Com o falecimento do pai, em 2014, é findada a formação dos “Canarinhos do Brasil”, Rafael estava disposto a encerrar sua carreira musical, porém, dois amigos os quais considera como verdadeiros irmãos, ofertam ao músico uma proposta para produzirem o primeiro CD Solo, dessa vez sendo do Cantor Rafael Dias, esses amigos e irmãos é o Maestro André Fernandes, que fez parte do Regional do Viola, Minha Viola, músico de Inezita Barroso, e o Cantor, Compositor e Produtor Paraíso , da dupla Mococa & Paraíso, ambos não mediram esforços para levá-lo à São Paulo, hospedarem em sua própria casa, e juntos produzirem o CD intitulado “Chora Sanfona”.

Movido pela saudade, Rafael Dias, garoto de muita fé, conta que guiado por Deus, se viu em um dos melhores estúdios gravando no mesmo lugar onde passavam artistas consagrados como Matogrosso & Mathias, Sérgio Reis, Padre Alessandro, Abel & Caim, Cezar & Paulinho e claro, Mococa & Paraíso.

O cantor Paraíso, fez questão de selecionar música por música no repertório do disco, este álbum está sendo lançado por sua própria editora e gravadora Fortuna Musicai, dirigida pela Iara Fortuna, que além de ser esposa do Paraíso é filha do saudoso e renomado José Fortuna, que foi compositor, autor teatral, ator e fez parte da dupla José Fortuna & Pitangueira.

Atualmente Rafael Dias está no ar de segunda à sexta, ás 05:00 da manhã com o PROGRAMA RAFAEL DIAS, na rádio Jovem FM, 104,7.