Governador recebe representantes do Tribunal de Contas da União

  • 13/Jun/2017 09h30
    Atualizado em: 13/Jun/2017 às 09h32).
Governador recebe representantes do Tribunal de Contas da União Foto: Lia Mara/Governo do Tocantins

Apresentar detalhes do Seminário Diálogo Público – Amazônia sustentável: Desafios para o Desenvolvimento Socioeconômico ao governador Marcelo Miranda. Esse foi o objetivo da audiência do secretário do Tribunal de Contas da União (TCU) no Tocantins, Edilson Guedes de Almeida, e da auditora federal de Controle Externo do órgão, Antônia Maria da Silva na tarde desta segunda-feira, 12, no Palácio Araguaia. O evento será realizado nos dias 22 e 23 de junho, em Belém (PA).

Marcelo Miranda, agradecendo ao convite, destacou a importância da iniciativa. “Um momento para discutir importantes temas que, certamente, vão contribuir na adoção de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável de toda a Região Amazônica”.

Edilson Guedes explicou que o seminário é resultado de um trabalho do TCU realizado em sete estados da Amazônia, onde foram levantadas políticas estruturantes necessárias para alavancar o desenvolvimento sustentável na região. Segundo disse, estão sendo convidados para participar do seminário os setes governadores da Região Amazônica, autoridades, além de professores e representantes de outros segmentos.

Programação

Na programação constam a realização de cinco painéis. O primeiro tem como tema: O Desafio de desenvolver a Amazônia com sustentabilidade. Os participantes debaterão alternativas para a interiorização do desenvolvimento com a preservação dos recursos naturais. Em seguida, o painel Financiamento ao Desenvolvimento Regional e Visão Integrada dos Órgãos em prol do Crescimento Sustentável debaterá formas de desenvolvimento econômico e social intrarregional, de maneira sustentável e continuada, garantias de novos negócios e captação de recursos.

O desenvolvimento das cadeias produtivas locais, a partir do aproveitamento das características intrínsecas da região amazônica, será o assunto do painel Marca Amazônia e a Geração de Renda. A Regularização Fundiária e seus Reflexos no Desenvolvimento Sustentável, tema de painel quatro, discutirá formas de garantir a regularização da terra ao pequeno e médio produtor, para que obtenham acesso às políticas públicas. O último painel será sobre os Desafios e Soluções Factíveis para o Desenvolvimento da Região Norte, que debaterá as possibilidades efetivas de implementação dos planos regionais de desenvolvimento.

Também participaram da audiência os presidentes do Itertins e do Naturatins, Júlio César, e Herbert Brito Barros, respectivamente: a secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luzimeire Ribeiro Carrreira; o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro Silva; e o titular da Controladoria Geral do Estado, Luiz Antônio da Rocha.