Agrobrasil S/A

ARUANÃ

01/09/2014 14h43 | Atualizado em: 01/09/2014 14h45

Divulgação
O peixe das divindades

Os Aruanãs na verdade são filhos de Aruá e primos dos Lendários Arumanás, habitante da profundeza do Rio Araguaia. De vez em quando um apropriado Aruanã subia às margens do grande rio para contemplar a vida humana. Sonhava um dia tornar-se homem e correr pela terra seca.

Os Aruanãs na verdade são filhos de Aruá e primos dos Lendários Arumanás, habitante da profundeza do Rio Araguaia. De vez em quando um apropriado Aruanã subia às margens do grande rio para contemplar a vida humana. Sonhava um dia tornar-se homem e correr pela terra seca.

O Aruanã.
É um dos peixes das águas do Araguaia-Tocantins e Amazonas, batizado de Osteoglossum bicirrhosum pertence a família Osteoglossidae, com parentes na Asia, Australia e Nova Guiné.
Aru´á, Aruã, Arua´nã, para os indigenas significa peixe quieto, manso e hábil.
Para os indigenas é o Peixe que surgiu do fundo do rio, deu origem aos carajás, descendente dos Arauques, povos comedor de farinha de mani-oca.
Conhecidos entre os ribeirinhos da Amazonia por língua-de-osso e duas barbas. Pode alcaçar o tamanho de 120 cm e pesar 4,5 Kg. Cabeça alta e comprida e ossuda, boca ampla e inclinada para cima, equipada com dentes que mordem contra os outros no céu da boca, língua-de-osso derivada de um osso dental na parede da boca, um par de barbilhões carnosos na extremidade do queijo. Corpo largo é coberto por escamas enormes, com coloração cinzento-prateada no dorso, amarelada no abdome.
As espinhas dorsal e anal possuem leves raios e são longos, enquanto as pectorais e ventrais são pequenas e obtem oxigênio pelo ar sugando até o saco de gás, que é alinhado com capilaridades como tecido, com as particularidades, como:


Habitat, preferem ambientes de águas doces e calmas, temperaturas entre 24 e 32°C, pH entre 4,0 e 6,8. Podem viver em ambientes com baixos níveis de oxigênio dissolvido na água.

Alimentação, onívoro, com tendência a se alimentar de peixes e artropedes na superfície da água. Costuma dar saltos fora da água para capturar presas, como grandes insetos, nos galhos mais baixos das árvores nas florestas alagadas.

Reprodução, desova total nas enchentes, com primeira maturação sexual em torno de 60 cm, fecundidade baixa, cerca de 200 óvulos grandes e alaranjados. Os machos acolhem os ovos ou filhotes na cavidade bucal em perigo ou mudança de endereço.

Como peixe de aquário, vem ganhando popularidade como peixe ornamental, principalmente na Europa e no Japão. Quando em aquário, se mostra um animal belíssimo e muito inteligente.

Peixe Esportivo, de fácil captura na beira dos lagos e lagoas, nas proximidades de troncos e plantas aquáticas. O aruanã costuma dar saltos espetaculares quando capturado, e o pescador precisa ter muita atenção ao retirar o anzol do peixe para não se ferir.

Equipamento e isca, para sua captura deve ser usado equipamentos do tipo médio; linhas 12, 14 e 17 libras; anzóis 1/0 a 3/0. Este peixe pode ser capturado tanto com iscas naturais (peixes, camarão, insetos, etc.) como com artificiais (plugs de superfície e meia água e colheres).