Educação

Prêmio tem inscrições prorrogadas; novo prazo é 4 de setembro

29/08/2017 11h23 | Atualizado em: 29/08/2017 11h26

O Ministério da Educação prorrogou para 4 de setembro o período de inscrições para a décima edição do Prêmio Professores do Brasil. Com o novo prazo, professores da rede pública de educação básica terão mais tempo para inscrever práticas capazes de contribuir para a melhoria do ensino e aprendizagem em sala de aula. Os vencedores receberão viagens internacionais e premiação em dinheiro.

O Prêmio Professores do Brasil tem o objetivo de reconhecer e divulgar o trabalho de docentes que contribuam para a melhoria da educação básica, valorizando e estimulando seu papel na formação das novas gerações. Ele se divide em seis categorias: educação infantil – creche, educação infantil; pré-escola; ensino fundamental – primeiro ao terceiro ano (ciclo de alfabetização); ensino fundamental – quarto ao quinto ano; ensino fundamental – sexto ao nono ano; e ensino médio. A premiação é feita em quatro etapas: estadual (162 vencedores), regional (30 vencedores), nacional (6 vencedores) e temática especial (até 14 vencedores).

Prêmios – Os vencedores da etapa estadual ganharão placa em homenagem a seu desempenho e serão conhecidos no dia 13 de outubro. Na etapa regional, o prêmio é de R$ 7 mil, troféu, viagem apoiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para participação em programa de capacitação na Irlanda e equipamentos de informática com conteúdo educativo para as escolas. O resultado será divulgado em 31 de outubro.

Aqueles que ganharem a etapa nacional receberão R$ 5 mil e troféu. Já a temática especial terá prêmios de acordo com cada uma das quatro áreas, além de oferecer participação nos programas Sala de Professor e Salto para o Futuro, da TV Escola, e publicação dos trabalhos.

A cerimônia de premiação será no dia 6 de dezembro, na Praça das Artes, na cidade de São Paulo. Na mesma data serão conhecidos os vencedores nacionais desta edição.

As inscrições devem ser feitas pela internet, na página eletrônica do prêmio. (Assessoria de Comunicação Social/MEC)