Cidades

Vereadores de Palmas garantem transparência em concurso

25/10/2017 16h18 | Atualizado em: 25/10/2017 16h25

Divulgação/Ascom
Durante uma reunião com o Observatório Social na manhã desta quarta-feira, 25, os vereadores da Câmara de Palmas garantiram que todo o processo referente ao concurso público da Casa será realizado de forma transparente. O Observatório Social é uma entidade composta por voluntários que auxiliam na fiscalização do poder público municipal.

De acordo com o presidente da Câmara, José do Lago Folha Filho (PSD), os parlamentares estão recebendo e avaliando as propostas das empresas para dar andamento ao certame. “Ontem nos reunimos com representantes da Copese (UFT) e foi um encontro proveitoso, no qual tiramos dúvidas e explicamos como seria o processo. Estamos confiantes de que todo o nosso trabalho será feito da forma mais transparente possível”, declarou.

Cláudia Sousa, presidente do Observatório Social, salientou que a reunião foi importante e produtiva. “Acreditamos que o número de vagas poderia ser maior, mas a gente entende o impacto econômico que isso provocaria para a Câmara. A população está ansiosa por esse concurso, então esperamos que seja realizado o mais rápido possível”, frisou.

Reconhecimento

O trabalho realizado pelo Observatório Social recebeu o reconhecimento do vereador Gerson Alves (PSL), que criou um projeto de lei a fim de declarar a entidade como de utilidade pública. “A atuação desses voluntários é muito importante para a sociedade. Isso mostra que a população está cada vez mais atenta e participativa”, destacou.

A proposta foi aprovada pelo Executivo e publicada no Diário Oficial do Município na última quarta-feira, 18.

A vereadora Laudecy Coimbra (SD), ressaltou que a Casa de Leis tem se modernizado para atender melhor a população. O processo é lento, mas os parlamentares estão comprometidos. “Já iniciamos a atualização de todo o nosso sistema, nossa forma de atuar e vamos em busca de nos tornar uma referência para o país”, afirmou. (Com informações da Ascom/CMP)